Você sabe correr corretamente?

A corrida é uma prática aparentemente simples de ser realizada, que além de auxiliar na manutenção estética do corpo, também oferece diversos benefícios para a saúde. No entanto, correr não é simplesmente “apertar o passo”.

Correr de forma inadequada pode converter os potenciais benefícios do exercício em problemas para a saúde, particularmente lesões. Para evitar que isso aconteça com você, vamos falar sobre algumas considerações necessárias para correr corretamente.

1. Pisada e aterrissagem

Para correr corretamente você deverá ajeitar a pisada e a aterrissagem, utilizando do meio do calcanhar para a frente. Nunca se deve pisar com toda a planta do pé e nem aterrissar com a parte traseira do calcanhar.

É importante também manter os pés próximos do corpo, de modo que a passada e a aterrissagem formem um ângulo de aproximadamente 90 graus. Isso te auxiliará a manter o equilíbrio e o ritmo.

O calçado poderá ser um auxiliar importante para adequar a pisada e proteger a saúde dos pés. O tênis para corrida deve ser leve, ventilado e ter boa absorção de impactos e um drop baixo, por volta de 4 cm.

2. Posição e movimento dos braços

Os braços devem ser flexionados de modo estático, em ângulo de 90 graus com o antebraço. Deve-se, também, manter os pulsos firmes, mas evitar o excesso de tensão.

Com os membros superiores nessa posição, deve-se movimentá-los em sincronia com a corrida, em direção oposta aos movimentos dos membros inferiores.

3. Postura do corpo

A postura para correr corretamente é com a coluna ereta, no entanto, inclinando o corpo ligeiramente para a frente.

Além disso, é importante estar atento para manter o corpo em harmonia, se atentando ao que foi dito sobre a posição e o movimento dos membros inferiores e superiores.

4. Respiração para correr corretamente

A respiração é um fator importante na prática de exercícios, que deve acompanhar o ritmo e as necessidades do treino. Dessa forma, assim como todos os outros movimentos, você deverá sincronizar a sua respiração com a corrida.

A forma correta de respirar nesses casos é utilizando o diafragma em vez do tórax, pois essa forma de respirar amplia a profundidade da respiração. Pode-se demandar o auxílio da respiração pela boca, de modo a ampliar a capacidade de inspiração e expiração.

5. Hidratação e outros cuidados

O consumo de líquidos e alimentos ricos em nutrientes, deve acompanhar a prática da corrida. Por ser uma atividade, geralmente, ao ar livre e que produz bastante suor, a hidratação é um fator essencial para problemas ocasionados por sua deficiência.

Deve-se atentar, também, à proteção da pele através de filtro solar e outros acessórios, assim como utilizar roupas leves e ventiladas. Essas precauções evitarão que a prática possa resultar em complicações relacionadas à pele.

Se você estiver começando agora, tenha paciência: condicione o seu corpo progressivamente para que ele desenvolva flexibilidade e resistência a partir do treino. Não tente correr como um atleta do dia para a noite. Conhecer os próprios limites é o primeiro passo para ultrapassá-los.

No mais, o acompanhamento de um profissional sempre ajuda o melhor aproveitamento do exercício. Gostou das nossas dicas? Ainda tem dúvidas sobre o assunto? Alguma história para contar? Converse conosco nos comentários!

Comments

  1. […] Corridas de rua ou na esteira são ótimos exercícios para controlar a ansiedade. Além de fácil de praticar, também ajuda a perder peso e aumenta a produção de serotonina. […]

  2. […] Isso porque, malhar em casa dá resultado se você for capaz de, no mínimo resistir as distrações do cotidiano, definir horários para sua prática de exercícios e ter um espaço disponível para realizá-los. É verdade que existem algumas práticas que não demandam esse espaço, como as caminhadas e corridas. […]

  3. […] Corra ou faça bicicleta intensamente por 5 minutos; […]

  4. […] treinos aeróbicos, como corrida ou dança, não exigem um tipo de respiração específica. Deve-se respeitar o que o corpo pede e […]

  5. […] Para exercitar os músculos da parte inferior do corpo, entre os principais exercícios estão os treinos de abdução e adução. Eles são responsáveis por trabalhar os músculos da parte interna e externa da coxa e seus resultados proporcionam maior estabilidade para a realização de outras atividades, por exemplo, a corrida. […]

  6. […] saúde a partir da prática de exercícios simples, que não tem muito segredo, como caminhar ou correr. Tem carteirinha em um clube? Vá nadar! E que tal entrar para um time de futebol ou algum esporte […]

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pratique Google