Está sem tempo de ler agora? Experimente ouvir o artigo na player abaixo!


O tratamento contra a artrose poderia ter no spinning um aliado. Sim, é isso que alguns especialistas afirmam atualmente, contrariando uma linha que sempre colocou a prática como complicada para quem tem essa doença.

Para entender mais sobre o assunto é necessário ter um certo conhecimento quando se trata de artrose, o que não é todo mundo que possui. Para começo de conversa estamos falando de uma doença crônica, que compromete os ossos subjacentes e as cartilagens das articulações.

Nessa toada a prática em questão soa não tão positiva, mas atualmente há quem esteja mudando de opinião. A seguir falaremos mais sobre o spinning como aliado no tratamento contra a artrose. Vale a pena conferir o que vamos te contar, porque é bem provável que você se surpreenda!

A necessidade de se evitar impacto no tratamento contra a artrose

Como nós colocamos previamente, o tratamento contra a artrose tem a ver com o combate aos sintomas de uma doença que basicamente não tem cura. Pode ser horrível pensar nessa perspectiva, mas é a realidade dos fatos e como tal precisamos encará-la sobriamente.

A grande questão é que o maior inimigo da artrose é o impacto nas articulações. Vários deles não podem ser evitados no dia a dia. Por exemplo, quando andamos já estamos impactando uma série de áreas articulares do corpo. O mesmo quando comemos, quando tomamos banho, quando trabalhamos…

Se não dá para evitar o impacto no cotidiano que se evite então na escolha da atividade física ideal, e nesse sentido muitas pessoas acreditaram por um montão de tempo que os exercícios ideais seriam…

  • A natação;

  • A hidroginástica;

  • O pilates;

E assim vai. Não são atividades fáceis, claro, mas como não tem o impacto envolvido elas teoricamente ofereceriam uma segurança a mais para quem era afetado por essa condição. Esse entendimento, entretanto, vem se modificando fortemente nos últimos tempos!

Saiba como o spinning pode ser funcional no tratamento contra a artrose

Existia essa visão de que atividades físicas em geral precisavam ser livres de impacto para as pessoas que sofrem de artrose. Ainda deve ser desse jeito, mas o que muitos não compreendiam é que existem modalidades físicas com menos impacto mesmo que pareçam ter muito.

O spinning é um desses casos. Como ele é praticado em cima de uma bicicleta ergométrica não há batidas das suas articulações afetadas no solo. Se a bike for ajustada para o seu corpo e para as suas medidas os riscos se tornam ainda menores, o que é maravilhoso.

Além disso, se você está treinando com equipamentos confiáveis, em um ambiente bem estruturado e com profissionais de ponta a tendência é que os seus resultados sejam ainda melhores e de um risco muito menor. É fundamental entender isso.

Em muitos momentos ficamos com medo de tentar uma atividade física nova, porque alguém nos disse que seria perigoso, mas só é se fazemos do jeito errado, com o aparelho errado e com o professor errado. Se acertamos nesses 3 quesitos a tendência é que funcione, e que funcione muito, muito bem!

Conheça a Pratique

Para acertar em todos esses quesitos o melhor que você pode fazer é ir em uma instituição que seja confiável, que funcione para o seu dia a dia e que caiba no seu bolso. Ela existe, e tem nome: chama Pratique!

Trata-se de uma rede de academias que com o spinning ou com outras modalidades têm tudo para te apoiar no tratamento contra a artrose. Se você quer se cuidar por inteiro, corpo e mente ao mesmo tempo a Pratique pode ser a resposta dos seus problemas!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here