Nadar é uma atividade recomendada para todas as idades e funciona muito por ser um esporte completo. A natação para quem tem dor nos ossos, é fundamental para lubrificar as articulações e trazer o alívio esperado.

Portanto, se você tem mais idade e não sabe se vai ser vantajoso fazer aulas de natação, pode ficar tranquilo, pois é mais que indicado para os médicos e se caracteriza por ser uma atividade muito completa, que trabalha várias partes do corpo.

A Pratique Fitness oferece aulas de natação para todas as idades e com professores experientes, que podem ajudar a manter o condicionamento físico e parar de sofrer com dores ósseas.

A natação para quem tem dor nos ossos pode ajudar na contenção da osteoartrite e da artrite reumatoide?

Para quem não sabe, a osteoartrite se caracteriza pelo desgaste das cartilagens, que pode comprometer as articulações e estruturas ósseas afetadas. Por isso, como nadar é considerada um exercício de baixo impacto, a lubrificação dessas áreas pode ser mais estimulada e também, com a perda de peso, a sobrecarga sobre elas ficam menores.

Então, se você sofre com esse tipo de problema e o seu médico te indicou a natação, vale muito a pena pensar com calma e se aventurar nessa, que vai ser uma mudança para melhor, com certeza.

Já no caso da artrite reumatoide, que é caracterizada por uma inflamação do próprio sistema imunológico da pessoa, que ataca os ossos e articulações, por ser menos forçada, a natação serve bastante. Ainda na lógica do baixo impacto.

Natação para quem tem dor nos ossos, pode ser uma solução perfeita, com o aumento da qualidade de vida e mais conforto em se movimentar e fazer as ações do dia a dia.

Portanto, nos dois exemplos os tipos de exercícios são ideais para diminuir o sofrimento com as dores. Geralmente são os mais velhos que aparecem com mais problemas, pela ação do tempo e da idade, o desgaste é inevitável.

Cuidados que se deve ter para proteger as articulações

– Comece os exercícios de forma gradual, respeite os seus limites e não se sobrecarregue além do indicado.

– Evitar movimentos muito bruscos e repetitivos em áreas onde ocorre a dor.

– Antes de qualquer atividade, prepare compressas quentes para serem colocadas nas partes mais afetadas, ou tome um banho quente para relaxar músculos e articulações.

– Após o treino aplique gelo nas articulações por cerca de vinte minutos antes de começar a fazer outra coisa.

– Não esqueça de sempre alongar. Muito importante fazer isso antes e depois dos exercícios físicos.

– Atenção redobrada com as juntas e com o joelho.

Bom, essas são as sugestões que mostram que, mesmo com uma doença crônica, especialmente nos ossos, com a orientação médica correta, é possível praticar. Movimente-se e relaxe com a sensação da água.

Observe se as suas dores não vão amenizar e que você conseguirá um pouco mais de flexibilidade e menos dores na coluna, joelhos e outros lugares que costumam ser o alvo dessas complicações.

Se você está em casa, sem fazer nada e com dores que te incomodam diariamente, não perca tempo, consulte o médico e procure as aulas de natação, ou se preferir, uma hidroginástica, que também pode ser um começo.

Pense na opção da natação para quem tem dor nos ossos, realmente funciona e você pode voltar a fazer coisas, como dançar, caminhar e se divertir. https://pratiquefitness.com.br//

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here