7 dicas para a recuperação muscular após o treino

2
6217

A recuperação muscular após o treino é tão importante quanto a própria atividade física. Nesse tempo de descanso os músculos continuam trabalhando e respondendo aos estímulos recebidos. Por isso a recuperação é parte inerente ao treino e merece a devida atenção.

O ideal é ter um tempo de descanso de 24 a 48 horas para manutenção completa da musculatura. Contudo, você não precisa ficar parado durante esse tempo. Pelo contrário, é possível qualificar a recuperação e tornar os resultados ainda mais efetivos. Vamos às dicas!

1) O descanso é fundamental e isso inclui dormir bem

Durante 24 horas após o treino o músculo irá recuperar a energia e acontecerá a reparação do tecido. Esse intervalo entre as atividades é fundamental, pois é nesse processo de regeneração que os ganhos do exercício realmente acontecem.

Dormir, no mínimo, 7 ou 8 horas diárias também é indispensável. Durante o sono o corpo libera hormônios importantes para regeneração e consolidação do crescimento muscular. Além disso, você só conseguirá fazer um treino de qualidade se estiver bem descansado.

2) A regeneração ativa também é uma possibilidade

Quem não consegue ficar parado tem uma opção interessante para acelerar a recuperação muscular. Basta alternar os treinos mais pesados com exercícios leves, como uma caminhada, natação, andar de bike, entre outros. Essa atividade estimulará o fluxo sanguíneo e reduzirá as dores musculares.

3) Atenção à hidratação

A água é parte importante das células, é ela que influencia no desempenho de todos os processos do organismo. Quando você se exercita, principalmente de forma intensa, perde líquido. Sendo assim, deve procurar se hidratar na mesma proporção para garantir uma boa recuperação muscular.

4) Alimente-se bem antes e depois do treino

Assim como a hidratação, a ingestão e reposição de nutrientes também merece atenção especial. Deve-se procurar consumir bastante proteína antes do treino. Já a refeição pós-treino deve ser rica em carboidratos, pois eles são os responsáveis por fornecer energia ao músculo. Procure fazer uma refeição com carboidratos até 30 minutos após o treino.

5) Alongue-se antes e depois do treino

O alongamento te prepara para realizar os exercícios físicos e é capaz de aliviar a dor muscular após o treino. A importância desse hábito antes do treino é prevenir lesões e distensões. Pós-treino ele auxilia no relaxamento muscular e na irrigação dos vasos sanguíneos, o que facilita a absorção de nutrientes.

6) Utilize gelo para acelerar a recuperação muscular

Essa alternativa é indicada principalmente para aqueles que realizam treinamento intenso e frequente. É uma técnica muito utilizada por atletas, que consiste na imersão do corpo em um recipiente com gelo. O resfriamento do organismo reduz os edemas das microlesões e aceleram o processo de recuperação.

7) Cuide também do emocional

Além das dicas anteriores, é preciso lembrar que o músculo recebe estímulos de todas as suas experiências, inclusive as emocionais. O estresse intenso e constante, a ansiedade e irritação podem prejudicar a regeneração do músculo, pois estimulam a sua tensão.

Dessa forma, se esse for um fator recorrente em sua rotina, procure também realizar atividades prazerosas e relaxantes. Alguns exemplos são massagens, hidromassagens, meditação, ou alguma outra coisa de que goste e consiga afastá-lo das tensões cotidianas.

Você já utilizou alguma dessas dicas para ajudar na recuperação muscular? Funcionou para você? Deixe um comentário contando sua experiência.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here