As pessoas mais velhas geralmente se questionam sobre qual a idade máxima para ir à academia, mas não há idade mínima ou máxima para ser fitness!

Os exercícios físicos são altamente recomendados tanto para crianças quanto pra pessoas mais velhas – como idosos. Isso ocorre porque eles são benéficos para o corpo humano.

Uma atividade física pode gerar benefícios para a saúde como perda de peso, fortalecimento dos músculos e dos ossos, redução do estresse, melhorias no sistema cardiovascular e respiratório e muito mais!

Portanto, todos os exercícios que as pessoas com mais idade pretendem realizar devem ser de acordo com a capacidade física que ela possui, além de ser recomendado fazer exames médicos para checar o organismo.

Existe idade máxima para ir à academia?

Não há diretrizes oficiais de condicionamento físico para pessoas adultas mais velhas, não é à toa que os exercícios para idosos são os mesmos realizados por pessoas de outras idades.

Embora nenhuma pessoa possa ter certeza de que sofrerá com problemas que que podem prejudicar a mobilidade, não há dúvida de que o exercício regular ajudará a melhorar o nível de condicionamento físico.

Com qual frequência devo ir à academia?

Não há um número exato de vezes que uma pessoa deve ir à academia. A frequência com que ela frequenta depende do seu corpo, de suas metas de condicionamento físico e de seu planejamento diário.

Ainda assim, existem alguns conselhos gerais ao frequentar uma academia. Como por exemplo:

  • Se o objetivo é maior resistência ou queima de calorias, tente frequentar três dias de cardio e dois de treinamento de força.
  • Para as pessoas que querem perder peso é recomendado frequentá-la de 5-6 dias por semana.
  • Quem busca a construir músculos recomenda-se ir de 3-4 dias por semana.

Por que exercícios para idosos são essenciais?

Durante a década de 1970, vários estudos sobre idosos saudáveis ​​indicaram que força, resistência e flexibilidade reduzem no corpo significativamente após os 55 anos.

  • Esses declínios já foram considerados uma consequência inevitável do envelhecimento.

Porém, um estudo de referência publicado em 1994 pelos pesquisadores de Harvard mostrou que muitas perdas funcionais podem ser revertidas.

  • Nesse estudo, 100 residentes de casas de repouso, com idades entre 72 e 98 anos, realizaram exercícios de resistência três vezes por semana, durante 10 semanas.
  • No final desse período, o grupo conseguia levantar significativamente mais peso, subir mais escadas e andar mais rápido e mais longe do que seus colegas sedentários, que continuavam a perder força e massa muscular.

Simultaneamente, descobriram que as pessoas nos anos 70 e 80 poderiam tornar-se mais aptas, mesmo que nunca tivessem se exercitado antes.

Nos anos seguintes, outros pesquisadores comprovaram a importância do exercício para as pessoas mais velhas ou idosos.

A qualidade é mais importante que a quantidade

O que é como uma pessoa realiza exercícios em uma academia é mais importante do que com a frequência em que eles são realizados.

Se um adulto frequenta a academia quase todos os dias, mas não se esforça, ele está usando a academia da forma inadequada e também pode prejudicar seu corpo por meio de treinamento excessivo.

As pessoas que buscam praticar atividades da maneira correta e eficaz conseguirão garantir todos os seus benefícios.

Assim, consultar um instrutor profissional é uma ótima maneira de formular um treino físico que funcione de acordo com seus objetivos, tipo de corpo e cronograma.

Além disso, o que mais está envolvido nessa questão é a academia escolhida que irá fornecer bons equipamentos e esses treinadores qualificados.

Portanto, ao entender que não há idade máxima para ir à academia, qualquer adulto pode buscar por uma rede renomada e conhecida no mercado, como a Academia Pratique Fitness! Conheça seu site.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here