Musculação feminina depois dos 50: cuidados e dicas

1
117

Atualmente, a musculação feminina depois dos 50 não é apenas possível, como também muito popular. Afinal, quem disse que mulheres mais velhas não podem ter uma vida ativa e cuidar dos seus corpos?

Pois é, e cada vez mais as mulheres estão descobrindo sua força e decidindo manter alguma atividade física para retardar o envelhecimento do corpo e da mente. E existem muitas alternativas para isso.

Se você tem mais de 50 anos e deseja praticar musculação, não se preocupe! Se o seu condicionamento físico estiver em dia, você vai se sair muito bem! Confira as dicas para você começar e veja os cuidados que vai precisar ter.

Dicas para fazer musculação feminina depois dos 50

Se você deseja começar a musculação feminina depois dos 50, saiba que é perfeitamente viável e, por mais que algumas pessoas possam julgar, 50 ainda é uma idade para se manter ativo.

No entanto, será preciso tomar alguns cuidados para começar a malhar, afinal, por mais que 50 ainda seja uma idade em atividade, já existem algumas limitações que começam a despontar com o envelhecimento.

Por isso, para evitar lesões graves e poder aproveitar melhor os treinos, siga as dicas a seguir:

  1. Tenha um acompanhamento

É sempre bom ter um profissional por perto que possa te orientar, seja ele seu médico de rotina ou um personal trainer. Qualquer um que possa oferecer prevenção dos riscos e consiga orientar melhor seus treinos será bem-vindo.

Assim, você vai tornar a musculação feminina depois dos 50 muito mais segura e fácil de praticar, pois terá os movimentos certos para fazer e saberá que eles não vão te machucar.

  1. Respeite sua adaptação

Respeitar o tempo que o seu corpo leva para se adaptar à musculação e se acostumar com cada movimento é essencial para conhecer os seus limites e não se machucar.

Principalmente se você esteve sedentário por algum tempo antes de tomar a iniciativa da musculação.

Então, aprenda a ouvir o que o seu corpo está tentando lhe dizer e não se force muito – lembre-se que você tem muito tempo para poder se adaptar, e não precisa de pressa.

  1. Intercale os treinos

Intercalar os treinos pode ser uma boa, pois existem várias formas de praticar musculação. Experimente revezar mais vezes os exercícios de força, resistência e flexibilidade ou alongamento.

Assim, você evita que seu corpo se acostume com um movimento e ainda ganha variedade de treino, o que pode ser muito bom para mulheres acima dos 50.

  1. Articulações

Pode parecer óbvio, mas é preciso ter cuidado com as articulações, pois essa já é uma região do corpo frágil em qualquer idade, mas que vai se desgastando cada vez mais com o passar do tempo.

Benefícios de praticar musculação feminina depois dos 50

Praticar musculação feminina depois dos 50 pode ser muito benéfico, quando feito corretamente. Confira, a seguir, as maiores vantagens que você encontrará:

  • A musculação alivia as dores, pois melhora a postura, o condicionamento físico e dá força muscular;
  • A musculação também proporciona equilíbrio, flexibilidade e ajuda a emagrecer;
  • Os exercícios fortalecem os ossos e os músculos, reduzindo o risco de fraturas e osteoporose.

Por fim, para conseguir obter bons resultados com a musculação feminina depois dos 50, basta aliar seus treinos com uma boa alimentação. E, principalmente, não se deixe levar por opiniões negativas. Faça o que tiver vontade e se mantenha ativa!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here