Aulas de natação são uma das atividades físicas mais difundidas entre a população nacional. É o quarto esporte mais praticado no Brasil, com 11 milhões de adeptos ao redor do país. Mas ele é eficaz no combate à obesidade?

A obesidade é, hoje em dia, considerada uma epidemia em todo o mundo. Estima-se que 20% da população brasileira sofre dessa condição. Entre as crianças, 10% das meninas e 13% dos meninos tem algum quadro de obesidade.

A tentativa aqui é explicar por que as aulas de natação são tão importantes para prevenir e combater a obesidade. Espera-se que tais informações sejam úteis para levar as pessoas a hábitos mais saudáveis.

Como a natação afeta o corpo

Todos sabemos que treinos aeróbicos, musculares e, principalmente, combinados são muito efetivos para regular o peso. Mas afinal, qual é a vantagem da natação em relação a essas outras atividades?

Basicamente, praticar exercícios num ambiente aquático aumenta o consumo de oxigênio do organismo. Na mesma linha do treino combinado, a frequência cardiovascular do aluno pode variar muito nas sessões, maximizando a queima de gordura.

Isso acontece porque, durante as aulas de natação, o aluno terá, contra seus movimentos, a resistência da água. O ambiente aquático é exponencialmente mais resistente que ar, portanto, o esforço aeróbico e muscular dentro dele é potencializado.

Vantagens na natação para o combate à obesidade

  • Combate o sedentarismo

A relação entre a obesidade e o sedentarismo é maléfica – o segundo acarreta o primeiro, e o primeiro retroalimenta o segundo. A natação é o exercício perfeito para combater o sedentarismo, pois apesar da alta eficácia, é uma atividade leve.

Nadar é considerada uma atividade de lazer, inclusive sendo vendida como tal. Para se iniciar em atividades físicas, a natação é o exercício ideal, pois gera uma satisfação imediata em quem o pratica. O clássico “aprender enquanto brinca”.

Tal atividade é especialmente recomendada para crianças. Isso porque os pequenos encaram o nado como uma atividade lúdica, permitindo-os se expressarem e se divertirem enquanto levam uma vida saudável. Claro, trabalhar com um instrutor é sempre recomendado.

  • Potencializa a queima de calorias

Como dito anteriormente, as aulas de natação são ótimas em aumentar o consumo de calorias do corpo, pela resistência da água. No combate à obesidade, a natação consegue agilizar muito a perda de peso, gerando resultados mais rápidos e perceptíveis.

Além disso, a natação funciona muito bem para quadros mais graves de obesidade. Apesar do ambiente aquático ser mais resistente que o ar, ele gera a sensação de que seu corpo está mais leve. Isso torna os movimentos mais fáceis.

  • Ganho de massa magra

Além de ser muito eficaz na queima de gordura, o ambiente aquático também proporciona o fortalecimento da massa muscular. Tal fator é outro derivado da resistência da água, que exige do músculo uma capacidade maior para executar as ações.

O fortalecimento da musculatura em treinos de nado é muito benéfico para a perda de peso. O ganho de massa magra ajuda a regular o peso, evitando o famigerado “efeito sanfona”, o constante emagrecimento e engorda.

Existe algum contraindicado na natação no combate à obesidade?

Como qualquer exercício, não é bom entregar-se com muita força à natação logo de cara. Apesar de ser um exercício de baixo impacto, o nado pode, ainda, ser praticado em alta intensidade. Em caso de dúvidas, sempre procure um médico.

Para pacientes com quadros muito graves de obesidade, é recomendado iniciar com exercícios mais leves. Praticar algumas semanas de hidroginástica antes de entrar de cara nas aulas de natação é uma alternativa mais segura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here