Atividades físicas ajudam a combater o câncer de mama

2
830

Você já parou para refletir sobre porque fazer atividades físicas é uma prática saudável? Dentro do amplo conceito de saúde, isso significa que praticar exercícios favorece o bem-estar físico e mental, faz com que seu organismo funcione melhor, aumenta sua resistência física, previne doenças ou reduz seus efeitos nocivos, dentre outras coisas.

Uma das doenças que é prevenida ou tem seus efeitos negativos amenizados pela prática de atividades físicas é o câncer. Embora ainda seja necessário mais pesquisas que esclareçam a relação entre alimentação, exercícios físicos e a prevenção do câncer, diversos estudos já demonstram que uma vida saudável é capaz de diminuir a sua incidência. Aqui vamos falar especificamente do câncer de mama. Saiba mais sobre o assunto!

Como a prática de atividades físicas pode prevenir o câncer de mama?

Como foi mencionado, essa relação entre a prática de exercícios físicos e a prevenção do câncer de mama, apresenta estudos e hipóteses distintas e por ser uma doença multifatorial, essa relação não é exata, pois não altera, por exemplo, a predisposição genética. O que podemos dizer é que em todos os experimentos realizados até então, uma certa quantidade e intensidade de atividades físicas interfere nas probabilidades de desenvolver o câncer ou não.

Uma das teorias para isso é que os exercícios físicos afetariam a decomposição do estrogênio, o que contribui para diminuir o câncer de mama, principalmente no caso de mulheres que se encontram no período após a menopausa. Outra possibilidade, sustentada pelo educador físico Bruno Gion, do Hospital Albert Einstein, seria o fortalecimento do sistema imunológico, evitando a predisposição à geração de células neoplásticas, reduzindo assim a probabilidade do desenvolvimento do câncer.

Apesar de não poder afirmar que os exercícios físicos sejam um fator de proteção 100% garantido contra o câncer de mama, segundo o Dr. Domingos, pesquisas recentes demonstraram redução de 14% da possibilidade de desenvolver câncer de mama em mulheres que caminhavam uma hora por dia e de 25% em mulheres que praticavam atividades mais intensas, como corrida e natação, por mais de dez horas semanais.

Qual a quantidade de exercícios físicos ideal para prevenir o câncer de mama?

A partir de entrevista realizada com o profissional de educação física Bruno Gion, o Gazeta do Povo concluiu que a realização de atividades físicas com intensidade moderada, realizadas em três blocos de 10 minutos diários, diminui em até 20% o risco de desenvolver o câncer de mama e de colo de útero.

Além de prevenir o câncer em pessoas que nunca tiveram a doença, os exercícios físicos também podem reduzir o risco de retorno do câncer. Segundo o oncologista francês Thierry Bouillet, três horas de caminhada rápida por semana pode diminuir em 50% o risco de retorno do câncer de mama, pois essa quantidade mínima de exercícios é capaz de abaixar os níveis de estrógenos e leptina, que contribuem para o crescimento do câncer. 

Em qualquer caso, é importante lembrar que tudo aquilo a que submetemos o nosso corpo, principalmente visando a prevenção e o tratamento de doenças por outros meios que não a medicação, leva um tempo para ter seus efeitos consolidados. Por isso, é necessário que a prática de atividades físicas seja constante e iniciada o quanto antes!

Esse texto foi útil para você? Compartilhe conosco sua opinião e experiências nos comentários!

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here