Conheça os diferentes tipos de spinning

0
2597

Conhecer os tipos de spinning é fundamental para que você saiba qual escolher para fazer. Afinal, esses exercícios podem lhe ajudar a emagrecer, tonificar e se tornar uma pessoa mais resistente.

O spinning é caracterizado por treinos realizados em bicicleta, e embalados por músicas bem agitadas. A grande questão é que os exercícios podem variar de intensidade e velocidade – e quem dito isso é o professor que está lhe orientando.

Como as aulas são feitas em grupos grandes, os alunos são estimulados uns pelos outros, o que torna a aula divertida, e faz com que os resultados sejam ainda mais potentes.

Conheça então os diferentes tipos de spinning, e descubra como você aproveitar essas aulas para ter ainda mais eficácia em sua dieta ou no seu processo de tonificação do corpo.

Diferentes tipos de spinning!

Visando agradar a um número maior de pessoas, as academias passaram a oferecer diferentes tipos de spinning em suas aulas. O objetivo final é, geralmente o mesmo: dar força, resistência e ajudar o aluno a perder gordura.

  • Intervalada curta:

A aula intervalada curta alterna períodos de baixa intensidade com períodos de alta intensidade. Em média, cada ciclo – também chamado de estimulo – dura de 10 a 20 segundos. Já o período de recuperação pode acontecer entre 3 e 5 minutos.

 

  • Intervalada Longa:

Já a modalidade intervalada longa também alterna baixa e lata intensidade, no entanto, nesse caso, o estímulo deve durar de 1 a 2 minutos, e a recuperação sugerida é de 3 a 5 minutos de intervalo.

  • Força:

Esse é um treino que pode sofrer variação, sendo continuo – quando é utilizada a mesma carga e o mesmo ritmo -, crescente – quando se mantém o ritmo, mas aumenta a carga -, e decrescente – quando se aumenta o ritmo, mas não a carga.

Spinning é a solução para quem quer combinar diversão com resultado!

Muito do sucesso das aulas de spinning nas academias se deve justamente ao fato de que existem aulas para diferentes perfis e objetivos. Além dos tipos de spinning que citamos até aqui, você ainda encontra:

  • Endurance: os alunos pedalam o tempo inteiro sentados, e procuram manter o mesmo ritmo durante todo o treino.
  • Alta intensidade: aulas que simulam uma competição de corrida, onde a intenção é chegar a pedaladas cada vez mais velozes.
  • Fartlek: essa é uma aula muito especial, pois ela visa combinar os pontos fortes de cada modalidade citada, e com isso criar um treino único, divertido e muito variado.

Pontos de atenção em sua aula de spinning!

Independente de qual dentre os tipos de spinning você escolher, é importante se atentar aos diferentes fatores para que a sua aula seja confortável, e lhe entregue bons resultados.

  • Altura correta do banco:

É essencial que você meça a altura do banco antes de começar. Para isso, posicione-se ao lado dele, e veja se ele está na altura do osso do quadril. No momento em que começar as pedaladas, quando o seu pé estiver completamente embaixo, o seu joelho deve apresentar uma leve flexão.

  • Cadarço e ajuste do pé:

Se a bike que você utiliza tem uma fivela para prender em cima do pé, ajuste isso corretamente para que os pés não deslizem durante a aula. Também preste atenção para manter os cadarços bem amarrados, evitando que enrosque.

Como você pode ver, existem diferentes tipos de spinning, e todos eles são, de alguma forma, especiais. Cada um pode agradar a um diferente público, mas é um fato que qualquer uma dessas aulas de spinning promove uma grande queima calórica, e ajuda em sua saúde e na conquista de um corpo mais bonito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here