Tecido adiposo: Saiba tudo sobre ele

0
4087

Você conhece os tipos de tecido adiposo? Cada um deles possui características diferentes para o corpo, apesar do nome criar um certo temor em algumas pessoas, eles são importantes. Preparamos este post para mostrar cada um deles e explicar as suas funções no organismo. Confira!

Tecido adiposo

Localizado por baixo da pele, o tecido adiposo modela a superfície do corpo e auxilia no isolamento térmico do organismo. Além disso, armazena energia para o corpo que é usada nos intervalos entre as refeições. Nas mulheres com o peso normal, o tecido adiposo representa de 20 a 25% o peso do corpo. Já nos homens os valores variam entre 15 e 20%.

Apesar das funções fundamentais para o corpo humano, o acúmulo do tecido adiposo é prejudicial. Quando o gasto de energia é menor que a ingestão, o corpo transfere o excesso para a formação de lipídios depositados no tecido adiposo, aumentando o peso e o volume corporal. Essa é a famosa obesidade. Confira abaixo os tipos de tecido adiposo:

Tecido adiposo amarelo (unilocular)

Esse é o tecido adiposo responsável pelo armazenamento de energia. Ele também produz citocinas pró-inflamatórias, que ajudam no sistema imunológico do organismo. Ele está localizado em todo o corpo e, em algumas partes, concentra-se formando coxins de apoio. Isso acontece nas palmas das mãos, planta dos pés e nádegas. Ele também se concentra na cavidade abdominal, nas camadas profundas da pele e na parte posterior dos globos oculares.

Além das funções descritas acima, o tecido adiposo amarelo também serve para sustentar os órgãos e preencher os espaços entre eles.

Tecido adiposo marrom (multilocular)

Esse tipo de tecido adiposo é comumente encontrado em recém-nascidos. Ele é mais comum entre os animais de espécies que hibernam. Ele tem a função de reanimar o corpo, por meio do aquecimento do sangue e, consequentemente, elevando a temperatura de todo o corpo.

[newsletter-shortcode]

Tecido adiposo bege

Recentemente descoberto, o tecido adiposo bege é capaz de converter o tecido adiposo unilocular em multilocular. Com isso, ao invés de armazenar gordura, o organismo produz calor e queima energia. Esse tecido é muito importante no combate à obesidade. Ele ainda vem sendo testado e estudado por vários cientistas que pretendem ajudar pessoas obesas através da engenharia celular.

A importância do exercício físico

O excesso do tecido adiposo causa o sobrepeso e a obesidade. A falta de atividades físicas contribui para o acúmulo e aumento desses tecidos. É muito importante praticar exercícios físicos regularmente e balancear o ganho de energia com os gastos necessários. A gordura é o combustível do corpo, pois, cada molécula contém grandes quantidades de energia. Por isso, é preciso gastá-la e manter o acúmulo balanceado.

Esses são os diferentes tipos de tecido adiposo. Não se esqueça, pratique atividades físicas regularmente e mantenha o gasto de energia necessário para evitar a obesidade. Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Deixe o seu comentário abaixo!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here