Dicas para otimizar o treino metabólico

1
699

Todos os dias, milhares de pessoas vão à academia em busca de uma vida mais saudável e, claro, um corpo mais bonito. Uma das formas de alcançar o tão desejado ganho de massa muscular é por meio do treino metabólico, que promove a hipertrofia de uma forma diferente. Ficou curioso? Confira!

O que é treino metabólico?

O estímulo metabólico é uma das duas principais formas de obter a hipertrofia, que causa o crescimento da massa muscular. Ele é caracterizado pelo estresse bioquímico causado nas células musculares, o que aumenta a reserva de energia e, consequentemente, o tamanho do tecido. Esse estresse tem origem na aceleração do metabolismo, obtida com uma exigência maior do corpo pelos exercícios mais intensos.

O treino metabólico, portanto, é realizado com o objetivo de acelerar o metabolismo humano e causar nas células um quase esgotamento. Dessa forma, a recuperação será feita na mesma intensidade dos estímulos, garantindo um bom crescimento muscular.

Como otimizar?

Ao contrário do que se possa pensar, uma pessoa não pode começar do dia para a noite a realizar treinos metabólicos por conta própria. Um dos motivos é a falta de uma fórmula comum, já que cada um tem ritmo e um metabolismo diferente. Confira algumas dicas para otimizar o treino metabólico:

Aumente as repetições

Para aumentar o ritmo do metabolismo, é preciso aumentar o ritmo dos exercícios. O treino metabólico se caracteriza por levar os músculos quase a completa exaustão. Por isso, é necessário aumentar as séries e repetições de cada exercício.

Diminua os intervalos

Ao aumentar as séries e repetições, o estímulo ao músculo será ainda maior. Mas isso ainda não é suficiente. Diminua os intervalos, que é o tempo de descanso entre uma série e outra. Como os músculos não terão tempo para se recuperarem 100%, os estímulos vão causar um estresse muito maior às células, o que impõe ao organismo um trabalho metabólico mais intenso.

Mantenha um ritmo adequado

Não adianta, no entanto, acelerar o ritmo e mantê-lo apenas por poucos dias. O treino metabólico, apesar de muito puxado, dá resultados a médio e longo prazo, assim como os outros tipos. Por isso, é necessário manter uma cadência para que o corpo possa responder aos estímulos.

Varie os estímulos

Ao fazer sempre os mesmos exercícios, o músculo acaba se acostumando com os estímulos e, mesmo com o aumento das séries e repetições ou a diminuição dos intervalos, o resultado não é mais o mesmo. Por isso é importante variar os estímulos no treino metabólico. É possível trabalhar os mesmos músculos usando formas, movimentos e equipamentos diferentes.

Procure um profissional

A prática de atividades físicas nunca deve ser feita por conta própria. Isso porque exercícios feitos com postura errada ou pesos desproporcionais podem causar lesões ou até problemas mais graves. Ainda mais quando se trata do treino metabólico, que exige muito mais do organismo. Por isso, procure um profissional capacitado e experiente. Não apenas os músculos, mas toda a sua saúde agradece.

Essas são algumas dicas para otimizar o treino metabólico. Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto? Comente abaixo.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here