TAEKWONDO – HISTÓRIA

0
774

A história do Taekwondo envolve uma série de questões que vão muito além da arte marcial. É bem verdade que isso normalmente não é falado para aqueles que se interessam por essa prática, mas é o tipo de informação que deveria ser conhecida por todos, indubitavelmente.

Considerando que artes marciais se conectam não apenas ao corpo de seus praticantes, mas também às suas mentes e espíritos é fundamental que eles entendam de onde elas vêm, ao que se destinaram a princípio e o que buscam ressaltar, para que assim saibam bem no que estão se envolvendo tão profundamente.

Assim sendo, a seguir nós vamos falar mais sobre a história do Taekwondo e todas as suas principais características, para que você tenha compreensão plena a respeito dessa prática! Confira!

Saiba mais sobre a história do Taekwondo

Caso você não saiba, o Taekwondo nem sempre foi chamado desse jeito. Na verdade, essa luta já teve alguns outros nomes, que não consideravam amplamente as habilidades que ela buscava transcender.

A expressão Taekwondo resume o ideal de usar os pés e as mãos como arte, ou seja, como forma de guerrear. De fato, a utilização dos membros superiores e inferiores está entre os pontos altos dessa atividade, mas com certeza ela vai muito além e não se limite apenas a isso.

Muitos pensam que a história do Taekwondo começa no Japão, mas isso não é verdade, absolutamente. Essa arte marcial foi desenvolvida no território que hoje compreende a Coreia do Norte e a Coreia do Sul, mas que na época abrigava três reinos distintos, de portes diferentes e de capacidades variadas. Eram eles…

  • O reino Koguryo;
  • O reino Baek Je;
  • O reino Silla;

O reino Koruryo e o Silla eram os maiores, e costumavam se proteger de forma mais capacitada às invasões que aconteciam constantemente à região. O reino Silla, no entanto, não mostrava a mesma expertise, e vivia assim sofrendo com a entrada de marginais em suas terras, que roubavam seus tesouros, maltratavam o seu povo e sempre davam um jeito de voltar, cedo ou tarde.

Em determinado momento o rei de Silla decidiu tomar uma atitude, e para resolver o problema criou um grupo de guerreiros que deveria proteger o seu território com bravura, lealdade e honra. Os integrantes desse grupo eram aristocratas e militares jovens, de baixa patente, que unidos trariam paz para aquele local, além de representarem a bandeira da unificação.

O grupo que lançou o Taekwondo e unificou a Coreia

O grupo criado pelo rei de Silla era chamado de “Hwa Rang”. Além deles treinarem o uso de armas famosas na época também precisavam trabalhar o físico, a mente e o espírito, e faziam isso a partir da utilização da luta corpo a corpo.

Seus movimentos e seus golpes priorizavam o uso das mãos e também dos pés, e a ideia não era apenas atacar, mas também se defender, criando assim uma atividade muito ampla e completa!

Aos poucos os mandamentos da arte marcial coreana mais conhecida em todo mundo foram sendo desenvolvidos, e os seus primeiros praticantes alcançaram uma influência inquestionável, não apenas na história do Taekwondo, mas da Coreia como um todo.

Foi a partir do “Hwa Rang” que os três reinos em questão se unificaram, e o território Coreano só foi dividido novamente após a Segunda Guerra Mundial, atendendo a interesses externos!

Como você deve ter percebido a história do Taekwondo se conecta fortemente a história da Coreia do Norte e do Sul, e acaba sendo uma prática que vai além do que se espera e do que se determina. Se você quer praticá-la não deixe de clicar aqui!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here