Preço de academia! Saiba porque ele vem caindo ao longo dos anos.

0
451

Atualmente existem muitas academias que apresentam valores acessíveis, possibilitando a adesão das mais diversas pessoas às atividades físicas orientadas por um profissional e com disponibilidade de equipamentos de qualidade.

Mas, nem sempre foi assim. Podemos nos perguntar, o que será que mudou? Por que hoje em dia é tão comum encontrar o preço de academia tão em conta? Será que houve uma redução na qualidade dos serviços? Eu deveria optar por uma academia mais cara para ter um serviço de qualidade?

Como vivemos em uma economia aonde a tendência é o preço das coisas sempre aumentar, nada mais natural do que essa redução no preço das academias, da mesma forma que seria com qualquer outra coisa, nos deixar um pouco receosos.

No entanto, não há o que temer! A verdade é que o preço de academia vem caindo ao longo dos anos por causa da aparição de abordagens e propostas diferentes na oferta de serviços fitness, que possibilitaram acesso a um público mais diverso de alunos e, consequentemente, refletiram na redução dos valores.

Para entender essa mudança de preço de academia, vamos pensar em como funciona uma academia tradicional

A academia tradicional, geralmente, funciona com uma linguagem única. Em um mesmo espaço, ela tem diferentes alunos realizando atividades distintas, conforme a sua ficha. Elas não oferecem muita diversidade de exercícios físicos.

O acompanhamento do profissional de educação física é mais recorrente, visando modificar os hábitos diários dos alunos. O foco dessas academias é, na maior parte dos casos, em musculação e as baterias de exercícios são pouco flexíveis.

E as novas abordagens de academia?

Oferecem maior flexibilidade e adaptação às demandas dos alunos

As novas abordagens de academia são mais flexíveis do que as tradicionais. A proximidade do profissional do aluno vai depender do que ele quer. A ficha de exercícios também será orientada pelo resultado que ele busca.

Além da musculação e aparelhos tradicionais, existem aulas coletivas, ambientadas e outras atividades disponíveis.

Digamos que a nova proposta de academia possibilita ao aluno desde uma utilização mais independente dos equipamentos que ela disponibiliza até um treino mais aprofundado, e o preço irá variar de acordo com as escolhas do aluno.

Se ele desejar mais serviços, treinos elaborados e um acompanhamento mais profundo, pagará mais. Mas se ele preferir só o básico ou aulas específicas, pagará menos. Isto significa que as academias não tradicionais escutam mais o desejo dos alunos e se adaptam a isso.

Assim, os alunos escolhem um “plano” de acordo com essas questões, para realizar suas atividades. Os planos mais baratos oferecem serviços básicos e conforme mudam a complexidade de disponibilidade do serviço, aumentam também seus valores.

Possibilitam vivenciar a prática de exercícios físicos como uma experiência

Outro motivo para a redução crescente no preço de academia são as aulas coletivas e serviços especializados, oferecidos para um grupo específico de alunos. Aulas como ginástica, dança, yoga, pilates, natação e outras, convivem com os exercícios tradicionais oferecidos pela academia.

No entanto, essas atividades são praticadas em ambientes diferenciados, possibilitando aos alunos mais do que uma aula: uma experiência. Essa abordagem permite que um público maior de alunos seja atraído para a academia e, sendo assim, os preços caem!

Dessa forma, as academias que funcionam por uma abordagem não tradicional atuam como “shoppings” fitness, permitindo ao aluno transitar por diferentes aparelhos, aulas e exercícios, com maior flexibilidade em seu acompanhamento, ao seu gosto.

No entanto, algumas oferecem paralelamente o acompanhamento mais rígido e aprofundado, típico das tradicionais. A diferença é que o aluno escolhe pelo que vai pagar.

Avalie as opções que a academia oferece e escolha a melhor, de acordo com as suas necessidades e valor. Aproveite e leia nosso post: Modalidades de academia: escolha a perfeita para você. Ficou com alguma dúvida sobre esse assunto. Deixe o seu comentário no campo abaixo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here