Jiu-jitsu brasileiro – Conheça

0
609

O Jiu-jitsu brasileiro se torna cada dia mais popular não apenas no país, mas em todo o mundo. Sua prática é beneficia para o corpo e para a alma, incentivando pessoas de todas as idades a se dedicarem a ela.

Portanto, conhecer na prática as diretrizes para fazer parte do universo do Jiu-jitsu brasileiro se mostra essencial, especialmente se você nunca teve não contato com a prática e está interessado em começar agora.

Conheça o Jiu-jitsu brasileiro através de regras que funcionam bem em qualquer parte do mundo e descubra se você possui o que é necessário para se estimular em seus treinos cada dia mais!

Parte A do Jiu-jitsu brasileiro: Etiqueta

Ao começar a conhecer o Jiu-jitsu brasileiro, deixe seu ego na porta e chegue sempre na hora da aula.

– Quando você chegar na escola pela primeira vez, não interrompa uma aula que está em andamento. Se for essencial entrar no espaço, caminhe pelas bordas.

– Não há título formal com qual você tenha que lidar no Jiu-jitsu brasileiro. Porém, respeitar seu instrutor e seus colegas é o mínimo que pode ser feito em um espaço que demanda constante evolução.

– Ouça e faça o seu melhor todas as vezes que estiver lidando com o Jiu-jitsu brasileiro. Não responda, xingue ou desrespeite o instrutor de qualquer maneira ou a qualquer momento.

– Nunca faça qualquer outro estudante se sentir inseguro, ameaçado ou indesejado.

  • Se você testemunhar esse tipo de comportamento, por favor, informe o instrutor ou um estudante sênior imediatamente. Além disso, lembre-se: sem sapatos, comida, bebida ou chicletes no tatame.
  • Celulares – Para o conforto de todos os alunos, você deve evitar usar telefones celulares durante uma aula. Isso também lhe dá a chance de focar toda a sua atenção à lição.

Finalmente, divirta-se. Assim como qualquer esporte, o Jiu-jitsu brasileiro deve fazer com que você se sinta bem.

Parte B do Jiu-jitsu brasileiro: Segurança

Quando os alunos estão lutando no tatame, eles geralmente devem seguir um princípio básico: O aluno com o menor ranking determina a intensidade da sessão.

– Se você quiser que seu parceiro pare de tocá-lo, toque no chão ou chame pelo seu nome, nessa ordem. Essas ações significa o ato de parar. Nunca tente deliberadamente ferir seu parceiro de treinamento.

– Quando você estiver lutando e se aproximar da parede, da borda da área ou de outros objetos, pare e se afaste para um espaço livre.

– Não use nenhuma técnica ilegal. Técnicas ilegais incluem golpes que não fazem parte da técnica ou de sua faixa, ataques no pescoço, travas nas pernas e a chamada luta “suja”, como morder, golpear a virilha, etc.

  • No Jiu-jitsu brasileiro, você também não tem permissão para atacar. Sempre preste atenção ao que está acontecendo ao seu redor.

Se você for para a aula com uma lesão ou uma ferida aberta, diga ao instrutor antes de começar. Se você se machucar ou sangrar durante a aula, informe também o seu instrutor imediatamente.

  • Durante a luta, os alunos que não estão participando devem garantir a segurança dos alunos lutando ao caminhar e certificando-se de que eles não colidam uns com os outros.
  • Todos os alunos devem usar um uniforme limpo para treinar, ter suas unhas cortadas e estar de acordo com outras diretrizes e medidas de higiene pessoal.

Graduações e faixas

As faixas do Jiu-jitsu brasileiro para adultos são: faixa branca, faixa azul, faixa roxa, faixa marrom, faixa preta e, em alguns casos, faixa vermelha.

Você evoluirá de faixa conforme for conhecendo melhor as técnicas e se aprimorando na prática, portanto, tenha paciência e dedique-se! No mais, aproveite o máximo que o Jiu-jitsu brasileiro pode oferecer a você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here