4 dicas sobre a ginástica funcional

1
187

Atualmente, a ginástica funcional é apontada como sendo a melhor forma de treinamento sobre o exercício tradicional.

Muitos treinadores e estúdios de treinamento se especializam apenas nessa forma de condicionamento. Mas, o que é ginástica funcional exatamente?

Este artigo irá definir o que é ginástica funcional e oferecer algumas dicas importantes para melhorá-la.

Dicas para uma boa ginástica funcional

A ginástica funcional envolve a realização de exercícios multiarticulares, como o agachamento, por exemplo, de maneira que melhora diretamente o desempenho das atividades diárias, de fitness e esportes.

– O principal objetivo do treinamento funcional é transferir as melhorias de condicionamento, como a força muscular obtida em um movimento, para melhorar o desempenho de outro movimento, afetando todo o sistema neuromuscular.

– No treinamento funcional, é tão importante treinar o movimento específico, quanto treinar os músculos envolvidos no movimento.

  • O cérebro, que controla o movimento muscular, pensa em termos de movimentos completos, não de músculos individuais.
  • Um dos exercícios funcionais mais básicos é o abdominal, mas existem diversas opções.

Acessórios e o funcionamento da ginástica funcional

De acordo com os especialistas em treinamento funcional, a ginástica funcional usa bandas, bolas, pesos livres e exercícios pliométricos na tentativa de condicionar o corpo em um ambiente não estável.

– Além disso, ela envolve os quatro planos de movimento – frente / trás, lateral, rotação, oblíquo e trabalha o corpo inteiro de uma maneira coordenada (por exemplo, através do agachamento para sobrecarga).

– A ginástica funcional tende a ser multiarticular e multimuscular e treina os movimentos, avançando de uma plataforma estável para uma menos estável (por exemplo, de duas pernas para uma perna).

– Ela envolve movimentos de flexão e elevação (por exemplo, de cócoras), movimentos de perna única, movimentos de empurrar, movimentos de puxar e movimentos de rotação

  • Incorpora velocidade (uma vez que estabilidade, força e técnica são estabelecidas)

Dicas para ginástica funcional

1-) Treine movimentos simples antes dos complexos. É melhor começar com uma versão mais simples de um exercício funcional, dividindo-o posteriormente em dois movimentos separados, como o agachamento e a sobrecarga.

2-) Treine estabilidade antes da instabilidade. Comece fazendo flexões no chão ou em uma bancada antes de testá-las em uma prancha de equilíbrio.

3-) Melhore a técnica antes de adicionar carga e velocidade. Certifique-se de que seu corpo e cérebro estão trabalhando em coordenação uns com os outros, primeiro criando um movimento suave e sem esforço antes de adicionar peso ou velocidade ao exercício.

  • Uma das melhores maneiras de fazer isso é fazer uma pausa de 5 segundos no ponto mais fraco do movimento, seguido de 5 repetições normais.
  • Por exemplo, em um abdominal ou agachamento, você mantém a repetição na posição para baixo por 5 segundos seguidos por 5 repetições regulares de velocidade (ou seja, 1 segundo para cima e 1 segundo para baixo).
  • Inicialmente, a técnica é fundamental, então você precisa realizar o exercício sob baixa resistência por 12-20 repetições ou menos de 60 segundos.

4-) Segurança e paciência são chaves para o sucesso. A impaciência pode levar a ferimentos.

Certifique-se de ter melhorado sua técnica e dado tempo de descanso adequado para permitir que seus músculos, tendões e ligamentos se ajustem.

  • Os músculos se adaptam mais rapidamente (em semanas) que os tendões e ligamentos, que podem levar de 3 a 6 meses para se fortalecerem.
  • Frequentemente, os praticantes de ginástica funcional se sentem mais fortes rapidamente, porque podem fazer mais repetições com a mesma carga de trabalho, o que significa que os músculos e o sistema nervoso melhoraram.

No entanto, tendões e ligamentos têm menos de um suprimento de sangue do que músculos e desenvolvem-se mais lentamente.

Isso dá a você uma falsa sensação de segurança, pensando que pode levantar mais, mais cedo do que os tendões e ligamentos podem suportar. O resultado é uma lesão desnecessária.

Sabendo tudo sobre a ginástica funcional, aposte na Academia Pratique Fitness para iniciar a sua hoje mesmo!

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here