Jejum e exercício aeróbico: pode ou não?

Após o treino precisamos ingerir os nutrientes corretos, como carboidratos e proteínas, para que nosso corpo se recupere.

Porém, algumas pesquisas, como a feita na Universidade Católica de Leuven, na Bélgica, garantem que praticar exercício aeróbico em jejum pode facilitar o emagrecimento.

 

Jejum e exercício aeróbico

O que ocorre em nosso corpo durante o Jejum?

Como mencionado acima, em jejum os níveis de glicose do corpo estão baixos e aquela queima de gordura não é suficiente para fornecer a energia que você precisa. Além disso, os níveis de açúcar podem cair, gerando fraqueza, pressão baixa e mais fome. A pessoa que corre em jejum não consegue manter a mesma qualidade de movimento daquela que corre quando está alimentada, pois não vai ter forças para isso. Para entender melhor, os aeróbicos são exercícios que utilizam o oxigênio como fonte de energia para queima de gordura, como por exemplo, corrida, bicicleta e esteira.

Se alimentar ou não?

Os exercícios sem alimentação podem baixar ainda mais as reservas de glicose e levar a uma hipoglicemia severa. Isso acontece pelo fato de que a queima de gordura não acontece de maneira rápida o bastante para oferecer toda a energia que o corpo precisa para a atividade. “Outro risco é que, com isso, os níveis de açúcar no sangue caiam, impedindo a continuidade da atividade, além de provocar mais fome durante todo o dia”, alerta um especialista. A boa alimentação é o principal para quem procura na atividade física uma maneira de ser mais saudável.

Só que para isso, nosso corpo tem que se tornar eficiente na utilização da gordura, para poupar os estoques de carboidratos (glicogênio) do nosso corpo. Ou seja, não se deve consumir nada que seja utilizado pelo nosso organismo como fonte de energia.

Veja dicas de alimentação:
Suplementos alimentares naturais

8 dicas para uma alimentação saudável

Como fazer uma alimentação balanceada?

Realmente emagrece?

A conclusão é que o aeróbico não é realizado 100% em jejum por conta deste detalhe. A maior parte dos profissionais da área esportiva creem que o aeróbio em jejum funciona para quem deseja atingir o emagrecimento, pois qualquer exercício aeróbio ou restrição calórica funciona para este fim. Em jejum, a atividade queima mais gordura, porém, apenas um pouco mais, ou seja, não apresenta resultados tão diferentes do que práticas normais. O resultado é praticamente igual, mas com o risco de reduzir a performance e passar mal. Quando estamos em jejum, os níveis de açúcar no nosso corpo pode cair, o que gera vários malefícios para a saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Pratique Google