jejum intermitente

O jejum intermitente é um método que muitas pessoas vêm aderindo para o emagrecimento. Ele tem como objetivo fazer o corpo utilizar a gordura estocada e, com isso, fazendo com que haja a perda de gordura. 

Para realizar esse tipo de jejum, é muito importante manter os horários das refeições, já que ele funciona como um cronograma de alimentação. Além de não existir restrições de alimentos. 

E como consequência ao corpo, esse tipo de jejum melhora a regularização de glicose e suprime a inflamação que ativa os processos diminuindo os radicais livres reparando ou retirando as células danificadas. 

 

Jejum intermitente 

 O jejum intermitente está relacionado muitas das vezes com a diminuição da obesidade, já que ele melhora a resistência à insulina, melhorando a dislipidemia e a inflamação, quando é comparado com pessoas que somente perderam peso. 

Além disso, os pacientes obesos, quando perdem peso, diminui os sintomas de asma e em alguns casos o jejum auxilia nos sintomas de reumatoide e artrite. 

Esse tipo de jejum só é indicado após ser realizado uma avaliação médica, pois exige cuidados e atenção para aderir novos hábitos alimentares que estão ligados à cultura de cada pessoa. E como consequência o jejum pode deixar os indivíduos irritados

Por isso, é muito importante avaliar se somente a diminuição de calorias já não é o suficiente para o metabolismo, e caso seja necessário, avaliar se o jejum intermitente a longo prazo pode trazer algum efeito colateral no organismo do indivíduo. 

 

Tipos de jejum 

Existem diversos tipos de jejum intermitente, vejam abaixo os mais famosos:

  • Coma, pare e coma: Esse modelo alterna os dias de jejum e de alimentação. Nesse caso, permite que você coma o que quiser num período de 24 horas e o dia seguinte deve passar em jejum. 
  • Método 16 x 8: O jejum alterna 16 horas por uma janela de 8 horas é permitido você se alimentar. Basicamente, o jejum intermitente será correspondido ao período do sono noturno. 

Então, você não poderá tomar café da manhã, e fazer a primeira refeição somente ao meio dia, por exemplo, e continuar se alimentando até as 20 horas. 

  • Dieta 5 x 2: Nesse caso, a ideia é que o indivíduo reduza o consumo de calorias, consumindo no máximo 600 por dia durante dois dias da semana. Os dias podem ser separados, e nos demais dias, é permitido realizar a alimentação a vontade, mas sem que haja exageros. 

Quem não é permitido fazer esse jejum? 

dieta

Para pessoas adultas saudáveis não existe nenhuma contraindicação. O jejum intermitente não pode ser realizado em pessoas que apresentam algumas doenças, como:

  • Hipertensão;
  • Diabetes;
  • Câncer; 
  • Doenças metabólicas; 
  • Distúrbios alimentares.

Desse modo, ao procurar um especialista no assunto, ele irá avaliar com muito cuidado o caso, e qual será a sua rotina de dieta. 

Ele não pode ser realizado por gestantes, crianças, lactantes e por pessoas maiores de 60 anos. 

Por fim, todo o indivíduo que pratica uma atividade física com uma ótima alimentação pode vir por melhorar a qualidade de vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here