Treino de boxe e musculação

0
1185

Houve uma época em que os boxeadores apostavam apenas no treino da modalidade. Hoje, aposta-se no treino de boxe e musculação para que sejam obtidos os melhores resultados.

É possível perceber que atualmente o esporte exige métodos de treinamento muito mais sofisticados, e isso porque a qualidade do esporte e de seus praticantes apenas evolui.

Quando se trata de treino de boxe e musculação, sua finalidade deve ser aumentar a força funcional, não necessariamente a massa muscular – que se mostra uma consequência visível dos treinadores.

Mesmo assim, muitos pugilistas não conseguem alcançar os resultados esperados de um programa de treino de boxe e musculação, realizando muitas repetições para cada exercício. Por isso é importante contar com ajuda profissional!

O que é um treino de boxe e musculação?

Concentrar-se em repetições mais altas no treinamento com pesos cria massa muscular excessiva com aumentos mínimos de força, como a maneira como um fisiculturista treina.

– Além disso, mesmo se um boxeador usar os esquemas de repetição apropriados, o programa não funcionará se os intervalos de descanso forem muito curtos.

  • Para desenvolver a potência muscular máxima, são necessários vários minutos de descanso entre as séries para que o sistema nervoso se recupere adequadamente.
  • Embora um protocolo de períodos de descanso mais curtos ajude a reduzir a gordura corporal e a aumentar a resistência muscular, ele força o atleta a usar pesos que são leves demais para criar um efeito significativo de treinamento de força.

Apenas esse exemplo deixa claro que, sem o encaminhamento profissional adequado, mesmo o treino de boxe e musculação mais potente do mundo não oferecerá os resultados desejados.

– Um extremo de treino de boxe e musculação inclui os exercícios de levantamento olímpico, que consistem em movimentos extremamente complexos e que envolvem numerosos grupos musculares importantes.

  • Realizar mais de 3 repetições desses exercícios geralmente cria falhas técnicas que podem aumentar o risco de lesões, além de forçar o atleta a usar pesos muito mais leves.

Treino de boxe e musculação para pernas

Embora os agachamentos sejam considerados o exercício de treinamento de força mais eficaz para a parte inferior do corpo, eles podem facilmente adicionar muita massa muscular que forçará um boxeador a uma divisão de peso maior.

– Por essa razão, é preferível se focar em exercícios que desenvolvem o poder de perna desejado com aumentos mínimos no volume do músculo.

  • Uma exceção seria quando você se tornar um lutador pesado, já que a massa corporal extra pode trabalhar a seu favor.

Em relação aos exercícios de levantamento olímpico, estes são os melhores exercícios para desenvolver o poder geral do corpo.

– Mas estes são exercícios complexos que qualquer atleta não deve tentar até que receba instrução em técnica apropriada de um técnico qualificado.

  • Por exemplo, exercícios horizontais de dois braços, em pé e com barra são especialmente difíceis para os ombros.
  • Também é preciso ter o cuidado de realizar exercícios especiais para os antebraços.
  • Geralmente, usam-se implementos de cabo grosso que fortalecem esses músculos adequadamente, mas não é uma regra.
  • Torna-se possível, então executar trabalhos adicionais no antebraço, o que, se mal encaminhado, pode levar a lesões por excesso de uso.

Conclusão para o treino de boxe e musculação

Independentemente do tipo de exercício realizado, é preciso monitorar ​​cuidadosamente todas as variáveis ​​de treino, ou parâmetros de carga, para garantir que o treino forneça o estímulo necessário.

O boxe é um esporte que requer muita força, mas é simplista pensar que a vitória sempre vai para o lutador mais forte.

Treinar com inteligência é tão importante quanto treinar com força, e é por isso que os lutadores precisam de um profissional qualificado ao apostar no treino de boxe e musculação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here