O hipotireoidismo é uma doença crônica que, infelizmente, acomete muitos brasileiros. Quem faz parte desse grupo costuma se perguntar se quem tem hipotireoidismo pode fazer exercício.

De fato, quem possui algum tipo de doença relacionada às questões hormonais sempre deve procurar se informar se o quadro não interfere na prática de exercícios físicos. Em alguns casos eles podem ser prejudiciais.

Então, se você quer começar uma rotina de exercícios físicos, mas apresenta hipotireoidismo e não sabe ao certo se pode ou não praticar essas atividades, esse artigo da Pratique Fitness irá trazer tudo o que você precisa saber.

Quem Tem Hipotireoidismo Pode Fazer Exercício?

Quem tem hipotireoidismo pode fazer exercício? Descubra de uma vez

Antes de descobrir se quem tem hipotireoidismo pode fazer exercício ou não é fundamental entender do que se trata essa doença. O hipotireoidismo é denominado uma síndrome clínica que ocorre por conta da redução dos hormônios da glândula tireoide.

Ou seja, os hormônios tireoidianos não são produzidos o suficiente e o organismo fica com déficit. O efeito contrário é o hipertireoidismo, onde há muita produção de hormônio.

Mas, enfim, o que acontece com quem tem a situação de falta desse hormônio é que as funções do corpo que precisam dele para serem realizadas se veem prejudicadas.

Os resultados são: ganho de peso, queda de cabelo, cansaço, prisão de ventre, inchaço e até mesmo depressão.

Mas, voltando à pergunta inicial, sim, quem tem hipotireoidismo pode fazer exercício! Entretanto, é fundamental entender que a doença deve estar controlada. Ou seja, é preciso fazer reposição hormonal.

Quem não faz essa reposição fica com os sintomas bem evidentes e isso pode ser um problema nas atividades físicas. Afinal, quem tem muito cansaço e fadiga dificilmente terá ânimo para desenvolver uma rotina de exercícios.

Estando os níveis de hormônios controlados e os sintomas reduzidos, os exercícios físicos irão até mesmo ajudar a eliminar ainda mais as consequências do hipotireoidismo.

Quem tem hipotireoidismo pode fazer exercício, mas qual?

Sabemos que quem tem hipotireoidismo pode fazer exercício, mas será que isso é válido para qualquer tipo de atividade física? De fato, não há nada que seja extremamente proibitivo, mas há algumas recomendações.

Normalmente é recomendado que o aluno comece com alguns exercícios leves de cárdio, como caminhada, bicicleta, natação, aulas de danças menos frenéticas e coisas do gênero.

Conforme o condicionamento físico for aumentando é possível apostar em atividades que exijam mais.

Lembrando que para garantir que a prática de atividades físicas por quem apresenta hipotireoidismo deve ser realizada após uma consulta médica. Somente um profissional saberá dizer ao certo quais são as recomendações.

Além disso, é importante expor os problemas para o personal, pois ele irá direcionar o treino para quem possui hipotireoidismo (por isso é importante contar com um bom professor).

Quais são os benefícios

Quem tem hipotireoidismo, está com os hormônios controlados e já passou por uma avaliação médica deve, sim, praticar exercícios. As atividades físicas combatem diretamente alguns sintomas da doença:

  • Perda de peso

Quem tem hipotireoidismo tem a tendência a engordar. A prática de atividades físicas ajuda a manter o peso.

  • Menos cansaço

Quando os hormônios estão controlados as atividades físicas proporcionarão mais disposição para o dia a dia.

  • Alivia a depressão

Os exercícios físicos liberam os famosos “hormônios da felicidade” e são uma ótima forma de amenizar sintomas de depressão.

  • Melhora o inchaço

Exercícios aeróbicos e beber muita água são as principais dicas para combater o inchaço.

Então, quem tem hipotireoidismo pode fazer exercício e deve! Após a liberação do seu médico procure uma unidade das academias Pratique Fitness e marque já algumas aulas experimentais!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here