Precisando de reforço no sistema imunológico do seu filho? Veja como a Natação para bebês pode ajudar

0
201

As crianças e os bebês possuem um sistema imunológico pouco desenvolvido, pois o organismo não teve tempo de se fortalecer totalmente e teve pouco contato com vírus e bactérias. Nessa etapa da vida é crucial que os pais façam o possível para fortalecer esse sistema, afinal, um bebê com baixa imunidade pode apresentar diversas complicações. Precisando de reforço no sistema imunológico do seu filho? Veja como a Natação para bebês pode ajudar.

A natação, além de ser terapêutica, traz muitos benefícios. Não há idade que restrinja a atividade, sendo muito aconselhada para os bebês e para os idosos, pois a água evita qualquer tipo de impacto.

Se você está precisando de reforço no sistema imunológico do seu filho, veja comp a Natação para bebês pode ajudar nesse processo.

Por que a natação para bebês é boa para o sistema imunológico?

Há fatores diretos e indiretos que fazem com que a natação para bebês ajude no desenvolvimento e fortalecimento do sistema imunológico.

A influência direta nessa questão é o fato de que a natação estimula a produção dos glóbulos brancos, também chamados de leucócitos. Estes são responsáveis pela proteção do nosso corpo, são as famosas células de defesa.

Então tudo é uma questão de consequência, se a produtividade de glóbulos brancos está adequada, o sistema imunológico terá todo o suporte que necessita.

Além disso, a natação para bebês melhora o sistema imunológico de uma forma indireta. Afinal, tudo o que proporcionamos ao nosso corpo está conectado com a nossa saúde.

Primeiramente, a natação evita problemas de saúde mental como depressão, ansiedade e o estresse. Erramos muito quando pensamos que apenas o mal-estar físico e biológico podem nos afetar, o psicológico é muito influente.

Uma mente saudável é essencial para um corpo saudável, a natação cumpre muito bem o seu papel nisso.

Há também uma melhora no sistema respiratório, circulatório, na elasticidade e uma diminuição das tensões musculares no corpo. Tudo isso colabora para uma melhora no sistema imunológico.

Cuidados que devem ser tomados na natação para bebês

A natação para bebês está ficando cada vez mais famosa entre os pais, pois suas vantagens estão se tornando mais conhecidas.

Porém, é preciso tomar alguns cuidados para que não ocorra nenhuma complicação durante ou após as atividades.

Primeiro, é preciso se atentar à idade do bebê antes de começar as aulas de natação. A opinião varia um pouco de cada pediatra, mas, em média, é preciso esperar de 4 a 6 meses para ter esse contato com a água.

Sobre a frequência e durabilidade das aulas, o mais recomendado é de duas a três vezes na semana por meia hora.

O bebê não consegue se comunicar então é imprescindível tomar cuidado com seus limites. Qualquer esforço, por mínimo que seja, já lhe causa efeito.

Antes da natação para bebê é recomendado não dar banho, pois isso tira a camada protetora da pele e alergias podem ser adquiridas mais facilmente.

O corpo do bebê é muito sensível, então é sempre aconselhada uma piscina aquecida com temperatura controlada.

Natação para bebês: estreitando os laços

Nessa idade, a aula de natação para os bebês é feita com o acompanhamento dos pais. Isso pode ser um ótimo momento para criar uma nova conexão com o filho.

Bebês adoram sentir o contato com a água, o calor das piscinas e o ambiente. Estar com os pais nesse momento é crucial para uma boa relação, principalmente pelo ambiente proporcionar relaxamento e alívio de tensões.

Se você estava precisando de reforço no sistema imunológico do seu filho, agora já sabe como a Natação para bebês pode ajudar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here